Emagrecimento

Conheça 7 nutrientes indispensáveis que ajudam no emagrecimento

julho 20, 2018

Não é segredo que a alimentação desempenha um importante papel na garantia de mais saúde e qualidade de vida. Nutrientes presentes em diversos alimentos são responsáveis por incontáveis funções em nosso organismo.

Emagrecer pode ser extremamente desafiador. Em muitos casos, comer menos e praticar exercícios físicos não é suficiente. Se isso está acontecendo com você, saiba que algumas substâncias essenciais podem estar fazendo falta em seu dia a dia.

Muitos elementos já encontrados em nossa mesa são algumas das mais poderosas ferramentas capazes de auxiliar na perda de peso. Por isso, trouxemos alguns dos principais nutrientes, vitaminas e minerais fundamentais nesse processo, além dos motivos pelos quais eles fazem toda a diferença. Continue a leitura e descubra!

1. Cálcio

O cálcio aumenta o processo de termogênese no organismo. Dessa forma, contribui para o aumento do metabolismo — o que acelera a queima de gordura.

Além disso, participa dos processos de quebra de tecido adiposo, conversão de carboidratos ou proteínas em gordura, gasto de energia e redução do apetite.

O recomendado é consumir 3 fontes de cálcio diariamente. Tofu, brócolis, sardinha, gergelim, linhaça, folhas verdes escuras — como a couve e espinafre — e cereais fortificados são repletos de cálcio.

2. Zinco

Esse nutriente é essencial na função imunológica, cicatrização de feridas e construção de músculos. O zinco é encontrado em muitos tecidos corporais.

Muitas pessoas obesas têm baixos níveis desse mineral em seu corpo. Por isso, aumentar sua ingestão por meio da dieta pode acelerar a perda de peso e diminuir os níveis de gordura na corrente sanguínea.

Alimentos ricos em zinco incluem: frutos do mar, frango, carne bovina, fígado, gérmen de trigo, castanhas e nozes, grãos integrais, legumes e tubérculos.

3. Proteínas

É considerado o macronutriente mais importante para quem deseja entrar em forma. Uma alimentação rica em proteínas reduz o apetite, aumenta o metabolismo e estimula hormônios reguladores de peso. O que permite que você elimine peso e acabe de uma vez com a desagradável barriga saliente.

Além de aumentar os níveis de hormônios ligados à saciedade, ela restringe os que causam fome. Proteínas elevam o efeito térmico dos alimentos, isso significa que usam as calorias com o objetivo de digerir e metabolizar esses itens.

E não para por aí, elas aceleram o metabolismo queimando calorias o tempo todo, mesmo durante o sono. Desse modo, dietas ricas em proteínas têm uma vantagem metabólica sobre as que são pobres nesse nutriente.

Elas diminuem automaticamente a ingestão de calorias e aceleram a perda de peso, cortam os desejos por doces e aquela vontade de petiscar tarde da noite.

Alguns dos alimentos ricos em proteínas são carne, ovos, peixe, laticínios, amêndoas e tofu.

4. Vitamina D

Muito conhecida por atuar junto ao cálcio, o papel da vitamina D vai além, pois ela ajuda a garantir que as células do corpo reconheçam e respondam à insulina, um hormônio secretado pelo pâncreas. Um das suas funções é colaborar para que a glicose entre nas células que queimam esse substrato como energia. Quanto mais sensíveis as células estiverem à insulina, melhor. Caso contrário, é muito provável que as calorias que você consome se transformem em gordura.

Quando os níveis de vitamina D são baixos, os hormônios da paratireoide aumentam. Nessas circunstâncias, desencadeiam uma série de reações que levam as células a converterem açúcar em gordura e armazená-la, em vez de permitir sua liberação.

A carência de vitamina D também pode interferir na leptina, um hormônio que sinaliza ao seu cérebro o momento de parar de comer. Caso contrário, você continua comendo, o que atrapalha o emagrecimento.

Sendo assim, inclua ovo, fígado, cogumelos, carnes, sardinha e mariscos em seu cardápio, a fim de aproveitar todos os seus benefícios.

5. Ômega 3

Médicos e nutricionistas afirmam que o consumo de ácidos graxos, ômega 3, aliado à prática de atividades físicas é eficaz para emagrecer. Uma vez que melhoram o fluxo sanguíneo nos músculos durante o exercício.

Esse nutriente transporta a gordura até onde ela será armazenada, a fim de transformar a energia e estimular a produção de enzimas. Além do mais, são essenciais durante o processo de oxidação beta. Isso significa que os lipídios serão degradados em formas utilizáveis de energia.

Quando você consome esses ácidos graxos, está diminuindo a carga glicêmica das suas refeições. Dessa forma, o aumento dos níveis de insulina após o consumo de alimentos não será alto. Peixes, chia, sementes oleaginosas e ovos são boas fontes dessa gordura saudável.

6. Fibras

A fibra é um nutriente que ganha cada vez mais destaque. A do tipo solúvel tem efeitos importantes na saúde e metabolismo. O que leva você ao emagrecimento.

Outro papel que elas desempenham é alimentar as boas bactérias do trato gastrointestinal. Existem cerca de 100 trilhões delas em nosso organismo, principalmente no intestino grosso, conhecidas como flora intestinal. A fibra não é digerida até atingir essas bactérias, e nutrir esses microrganismos ajuda no controle de peso.

É apontada como sendo um excelente nutriente porque retarda a digestão, permitindo uma energia prolongada e um nível de açúcar no sangue estável. Também pode otimizar hormônios liberados durante a digestão que são responsáveis por sensações de fome e saciedade.

Consumir aveia, linhaça, quinoa, frutas com casca, cereais integrais, vegetais folhosos e legumes é uma ótima forma de garantir a ingestão de fibras!

7. Magnésio

O aumento da ingestão de magnésio eleva a quantidade de testosterona livre em seu corpo. Assim, ele limita a quantidade de gordura corporal e aumenta a massa muscular magra. Os músculos queimam mais calorias, o que por si só provoca redução no peso.

O magnésio é necessário para introduzir a glicose nas células e gerar energia. Baixos níveis de magnésio fazem com que a insulina e glicose subam. Desse modo, o excesso de glicose é armazenado no tecido adiposo e leva à obesidade.

Alimentos ricos nesse mineral são abacate, banana, uva, beterraba, quiabo, espinafre, gergelim e grão-de-bico, soja e salmão.

Uma dieta rica em nutrientes, associada aos exercícios regulares e uma boa noite de sono fazem a diferença em nossas vidas e aceleraram o seu programa de perda de peso. Entretanto, mudanças radicais e a eliminação de carboidratos ou proteínas não são recomendados. Lembre-se: atitude positiva e ser gentil consigo mesmo também é importante para que você se sinta bem.

Agora que você já sabe o que fazer para ficar em forma, que tal adotar algumas mudanças em seu cardápio? Se você já consome algum desses alimentos deixe o seu comentário e conte para a gente!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply